18.3.07

1957

Quando pequenos, precisamos de orientação. Liderança, conselhos, experiência. Alguém precisa nos oferecer a base de tudo para que saibamos qual caminho seguir.

Aprendi a ser mais homem, honesto, sincero e transparente porque alguém me ensinou. Alguém que também me ensinou tudo o que eu poderia saber sobre o Brasil de 1970, o Carrosel Holandês, a Dinamáquina e a Fúria Espanhola. Alguém que sempre me mostrou o quanto o Palmeiras era superior aos outros times, em todos os aspectos, e como era bom torcer para um time tão glorioso.

Ele acompanhou meus passos, viu meus gols. Gritou comigo sempre que achou que uma boa bronca era necessária, e me ensinou o suficiente para que eu conseguisse aprender a valorizar o aprendizado das derrotas e a glória das vitórias.

Era com ele que eu ouvia Dire Straits, Rolling Stones, Deep Purple, Led Zeppelin e aprendia a reconhecer a grandiosidade de cada uma das coisas que passávamos juntos.

Às vezes, acho que ele me ensinou muito mais do que eu merecia aprender. E também acho que ele não vê limites - só quer que eu saiba mais. Que eu seja mais - o tempo todo.

Todo pai é um herói. Um lutador. É força e é jeito - é completo. É puro orgulho, apesar dos pesares. Sempre vai ser assim.

Parabéns, pai/ídolo/herói, por esse meio século de vida.


Bob Dylan - Jokerman

So swiftly the sun sets in the sky,
You rise up and say goodbye to no one.
Fools rush in where angels fear to tread,
Both of their futures, so full of dread, you don't show one.
Shedding off one more layer of skin,
Keeping one step ahead of the persecutor within.

Jokerman dance to the nightingale tune,
Bird fly high by the light of the moon,
Oh, oh, oh, Jokerman.

1 Comments:

Anonymous Mamá said...

Que bonito esse texto Bru.
Realmente, sempre precisamos de alguém q nos de suporte, base, q esteja ali para todas as horas, q seja mais do q um amigo, mais do q um parente e mais do q apenas um lider.
Parabens pro seu pai ;]

Beijos!

18/3/07 17:38  

Postar um comentário

<< Home