29.10.06

Tristezas e decepções (as mesmas de sempre)

Minha vida se resume ao método da tentativa e erro. Quando eu finalmente me decido sobre o que realmente quero, eu tento. Com tudo que me foi dado de melhor, da maneira que parece ser a mais certa possível. E eu erro, por completo. É um processo que se repete, como reações em cadeia. Como uma vida que não vale muito a pena.

Há algo de muito errado em mim que eu ainda não descobri o que é. Uma falha de caráter insuperável, ou um defeito totalmente transparente ao resto do mundo, menos pra mim. Não é possível mudar as coisas desconhecidas e é justamente por esse motivo que eu vou continuar do mesmo jeito. Todo errado. Aparentemente, meu caminho se apoia nessas bases - nada sólidas, claro.

O suspiro de alegria, muito contida, é que nunca vou poder dizer que não tentei. Porque tentar é o que eu faço de melhor. É sempre com vontade. Com o coração mesmo, como precisa ser. Talvez, tudo isso sirva pra alguma coisa algum dia. Nunca se sabe.

Há dor em perder aquilo que nunca se teve?

Sim. É a dor que quem perde muito mais do que deveria e desconhece os porquês de ser assim.

Tears For Fears - Mad World
And I find it kind of funny
I find it kind of sad
The dreams in which I'm dying
are the best I've ever had

2 Comments:

Anonymous Leo - Grillo Lerdo said...

É isso..voce ainda esta um ponto na minha frente...ou talvez esteja tudo 0x0 mesmo.

Pelo menos teve uma frase ai no meio que me serviu de algo=)

"É sempre com vontade. Com o coração mesmo, como precisa ser."
Mandou mto=)

29/10/06 22:21  
Blogger Tomiate said...

"Tudo errado mas tudo bem, (...) estou só esperando o que vai acontecer."

30/10/06 00:23  

Postar um comentário

<< Home