9.10.06

Memórias de um funeral

Nascemos. Crescemos. Vivemos alegrias e tristezas, perdas e glórias, amizades e amores. Aproveitamos o melhor e o pior de tudo e deixamos um mundo de lembranças ao partirmos.

A partida daqueles que têm um lugar bem definido em nosso coração e em nossas vidas jamais é totalmente compreendida. A morte, para quem fica, não é o final de um processo natural. Não é descanso, não traz paz. É perda. É tristeza. É a representação de como as coisas não deveriam ser. Nunca.

Não devemos entender as coisas da vida durante todo o tempo, e tudo deve seguir. Sigamos, então.

E aproveitemos as boas lembranças. Os sorrisos, as alegrias. As glórias, a partir de agora, serão todas homéricas. De alguma forma, nossos amados que se foram estarão aqui para compartilhar tudo que podemos produzir de bom.

2 Comments:

Blogger AnJaka said...

Hi Bruno, I want to introduce you to http://freearticle.name

13/10/06 20:11  
Blogger fheld said...

Hi, Bruno. I also want to introduzir on you.

=)

18/10/06 02:30  

Postar um comentário

<< Home