30.7.08

O amor dos incompletos - parte I

(depois de um certo tempo, passava da hora de escrever sobre o novo pedaço da minha vida. Uma parte nova, que representa algo maior e muito melhor. Algo que tem a ver com ser completo, enxergar além das coisas mais banais e sentir de uma maneira plena o que eu busquei por toda a vida)

De tudo o que soube até agora
Investir no amor foi sempre o mais esperto
Ainda que complicasse em alguma hora,
Nada seria mais certo.
Amar é nunca ir embora,

Mesmo que algo seja esquecido,
Estranho, incompleto, perdido,
Um beijo basta para retomar todo o sentido

Até quando se perde a calma,
Maiores são aqueles sentimentos
Ontem, hoje e sempre, no coração e na alma
Responsáveis por todos os meus pensamentos.

s2

1 Comments:

Blogger Diana said...

Te amo tanto... meu escritor favorito s2

31/7/08 23:51  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home